Oceanário

Viagem para Lisboa

Bom depois de algum tempo sem postar aqui, vou relatar um pouco da viagem que fiz juntamente com o Alan para Lisboa.

A ideia de visitar Lisboa, surgiu a partir de uma exposição chamada INSIDE que o Alan listou nos eventos que gostaria de ver aqui pela Europa. Como de costume trabalhamos até as 18 horas, arrumei minha mala e saiamos para pegar o Comboio para Porto e depois o Trem para Lisboa.

Achávamos que seria um trem parecido com os Comboios que pegamos para viajar de uma cidade a outra aqui em Portugal, porém descobrimos que depois da 0:00 e em viagens longas apenas funciona esse tipo de trem [low cost :-)].

31102009090

Como podem ver o trem é bem desconfortável. Também barulhento sem contar que cada curva era uma emoção, pois simplesmente dava a impressão que iria tombar, mas tínhamos que chegar, então arrumamos um jeito “confortável”  de passar a noite e tentar dormir, algo que dificilmente conseguimos pois, a cada parada novas pessoas entravam com suas malas fazendo barulho, sendo praticamente impossível pregar o olho por mais de 20, 30 minutos.

Depois de 6 horas e inúmeras paradas, chegamos ao destino final, era quase 7 horas da manhã. E o tempo estava bem feio, totalmente nublado.

10312009001

Enfim, tomamos café e começamos a andar pelos arredores da estação e acabamos achando os lugares que gostaríamos de visitar e outros tantos. Conhecemos no Sábado de manhã e parte da tarde os seguintes locais:

Depois de visitar esses dois locais acabamos indo para Santa Maria de Belem para ver a exposição INSIDE e também outros locais que gostaríamos de visitar.

Depois de mais ou menos 1 hora e 30 minutos de Ônibus, chegamos ao local, paramos 1 ponto a frente do que deveríamos e andamos mais uns 10 minutos para chegar até a exposição INSIDE.

31102009240

Depois de ver as obras de 22 artistas, assistimos uma palestra e decidimos procurar um local para tomar uma ducha, se arrumar e sair para conhecer a noite de Lisboa. Isso já era quase 19 horas quando saímos do INSIDE, estávamos procurando uma pousada da Juventude perto do local onde estávamos mas o Google Maps acabou nos enganando e não conseguimos achar essa pousada, ficamos cerca de 2 horas procurando e nesse meio tempo conhecemos um alemão, extremamente simpático, o seu nome era Mambo, ficamos batendo papo (ótima oportunidade para praticar inglês) até verificar novamente algum local na internet (pelo celular) para passarmos a noite, mas foi em vão, então deixamos de lado a tecnologia e saímos perguntando  (as vezes é a opção mais funcional :-] ), no final das contas achamos um pousada, que custou 22 EUROS, meio caro, porém nas circunstância que estávamos era aceitável, sem contar que era bem localizada e confortável (Descobrimos no dia seguinte).

Depois disso saímos para tomar uma cerveja, jantar e conhecer o local, ai descobrimos que o local de bares e baladas ficava numa região um pouco longe e tínhamos que pegar um trem para chegar até lá. Então achamos melhor ficar por ali mesmo, descansamos e no domingo tínhamos alguns lugares para visitar, entre eles:

Então acordamos, tomamos café na StarBucs Coffee e começamos a visita pelo Mosteiro, depois partimos para o Museu de Marinha, Exposição Quinta do Rouxinol e acabamos na Casa Cultural de Belem, infelizmente não conseguimos visitar outros lugares, pois o trem de volta sairia as 18 horas e não queríamos pegar o trem da meia noite novamente. Então lá pelas 16 horas pegamos um trem e partimos para a estação de Metro de Belem e então até a estação onde pegaríamos o trem para Porto.

Chegamos em tempo e ainda deu para almoçar (as 17 horas) e então esperar o trem partir. Chegamos em Porto quase 22 horas, pegamos o comboio para Guimarães, desfiz a mala e cama, pois tinha que trabalhar no outro dia.
Coisas que aprendi com essa viagem:

  • Jamais pegue o trem da meia noite
  • Reserve um albergue/pousada com antecedência e verifique a localização do mesmo, isso faz com que seja poupado algum dinheiro.
  • Ir a Lisboa para passar dois dias é muito pouco para conhecer os principais pontos turísticos.

Até a próxima!